Autor: Orfeu Maranhão

215ª Degustação da Confraria da Cachaça do Brasil

No dia 26 deste mês de janeiro, os confrades tiveram a oportunidade de degustar a excelente cachaça Capão da Palha, produzida na fazenda Capão da Palha, município de São João d’Aliança-GO, por José Nacipe Ferreira Braga. Trata-se de uma cachaça artesanal, produzida em pequena escala, em alambiques de cobre. A cachaça branca, que não passa por processo de envelhecimento (fica apenas descansando por seis meses) é comparável às melhores cachaças produzidas no Brasil e é apresentada com o nome de “Fininha”. A cachaça envelhecida por três anos em tonel de canela amarela recebe o nome de “Capão do Palha”,...

Read More

214ª degustação – Cachaça Matriarca

No dia 15 de dezembro de 2017 foi apresentada aos confrades a cachaça Matriarca, produzida por Adalberto Alves Pinto, em Caravelas – BA. Foram degustadas as versões ouro, envelhecidas em tonéis de jaqueira, umburana e bálsamo. A  partir desta degustação a Confraria decidiu divulgar as fichas da análise sensorial da cachaça degustada a cada mês, para servir de referência para os confrades. A ficha a seguir apresentada foi elaborada pelo confrade Hélder César Cavalcante Leite. Analise sensorial da cachaça matriarca Informações do produtor: Matriarca ouro 2 anos, envelhecida em barril de jaqueira Sensações organolépticas Olho ou visual: Cor- amarelo-dourado. Turbidez: Translúcida-...

Read More

213ª Degustação – Cachaça Matuta

No dia 24 de novembro de 2017 ocorreu o 213° encontro da Confraria da Cachaça do Brasil, para a degustação da cachaça Matuta. A cachaça Matuta é produzida no município de Areia, na Paraíba, pela Cachaçaria Matuta Ltda. Trata-se de uma cachaça produzida em alambique de cobre, mas em larga escala. O produtor pretende alcançar um consumidor exigente, que procura uma bebida de qualidade, mas que não pode pagar muito. A técnica utilizada na fabricação é a tradicional, por meio de almbiques tipo chaleira. São feitos os cortes tradicionais da cabeça e da cauda. Depois de produzida a cachaça...

Read More

Degustação da Cachaça Retiro Velho

A Confraria da Cachaça do Brasil fez a sua 199ª degustação, na sexta feira passada, dia 30 de setembro de 2016, no restaurante Espaço Friburgo, no Clube AABB. A cachaça escolhida para o evento foi a Retiro Velho, produzida em Araguari – MG por Carlos Roberto Gonçalves Pereira. Sua versão prata já era conhecida dos confrades, que tiveram a oportunidade de degustá-la há alguns anos. A cachaça apresentada aos confrades nessa última degustação  foi envelhecida durante dois anos em barris de carvalho e mais dois anos em barris de cerejeira.O resultado desse esquema de envelhecimento é uma cachaça de excelente qualidade, muito suave, com os sabores típicos do carvalho e o perfume característico da cerejeira. Apesar das expectativas negativas, em razão das eleições municipais, mais de cinquenta confrades compareceram ao evento. Na próxima degustação apresentaremos a cachaça Rabo de Saia, produzida em Salinas-...

Read More

Visita à Cachaça do Ministro

Confraria da Cachaça do Brasil visita Cachaça do Ministro. No dia 4 de junho de 2016, o Ministro Carlos Átila recebeu um grupo de visitantes da Confraria da Cachaça do Brasil, nas instalações do Alambique em que é produzida a Cachaça doMinistro. Os visitantes tiveram acesso a todas as instalações industriais e puderam observar todas as etapas da produção, desde a moagem da cana até o engarrafamento do produto. O momento da visita foi muito oportuno, pois o alambique começou a produzir  a safra de cachaça de 2016 há apenas uma semana. O próprio Ministro Carlos Átila fez o papel de guia do grupo...

Read More