Autor: Hayton Rocha

De pai para filho, às vezes

Reco do Bandolim (Henrique Filho) é músico, compositor, jornalista, radialista e produtor cultural. Nascido na Bahia, radicou-se em Brasília desde os primórdios da Capital, onde cuida com zelo e talento do Clube do Choro, um dos templos sagrados da música instrumental brasileira.

Read More

Cabeça de mãe

Faltava energia às 10 horas da noite de terça-feira, 26 de fevereiro de 1958, quando ele nasceu na maternidade do Hospital São Vicente de Paulo, em Itabaiana, na Paraíba, berço de grandes artistas como Zé da Luz, Sivuca e onde vive, atualmente, o grande Jessier Quirino. Era uma criança tão feia que assim que a energia voltou o médico foi conferir se por acaso não teria jogado no lixo o pimpolho e deixado a placenta nos braços da mãe que, aos 19 anos, exausta, recuperava-se do esforço sobre-humano feito para expulsar aquela respeitável caixa craniana. Nas 48 horas seguintes,...

Read More

Brinquedos

A gente descobre mais cedo ou mais tarde que o tempo para ser feliz é breve e cada minuto que passa, passou. Aprendi isso cedo, nos dois anos que vivi em União dos Palmares, Zona da Mata alagoana, onde cheguei com meus pais e irmãos, em 1968, aos 10 anos de idade. Não tive todos os brinquedos que sonhei, mas tive bem mais do que precisei, até o dia em que mudamos para Maceió (AL). Brinquei demais, vivi como se não fosse envelhecer. Joguei futebol-de-mesa (botões de casca de coco seco ou de capa de relógio), chimbra (bola-de-gude), finca...

Read More

Bolacha de Leite de Mãe de Jacaré

Nos anos 60, pelo menos uma vez por ano, papai, eu e meus irmãos esperávamos na plataforma da estação ferroviária de Patos (PB) o facho de luz e o apito do trem que traria nossa avó materna – mãe, para diferenciar de mamãe e porque nunca gostou de ser chamada de vovó – para ficar conosco algumas semanas no Sertão, longe do Sítio Jacaré, onde morava às margens do Rio Paraíba, na zona rural de Pilar (PB). Vinha como de costume, com o coração dividido entre matar as saudades da filha e dos netos e deixar em casa seu...

Read More

Venda de cachaça Alma Gêmea

Caros Confrades, Os herdeiros do Coronel Pires Gonçalves estão vendendo todo o estoque remanescente da destilaria que será desativada. São quinze mil litros de cachaça e rum, em lotes de seis garrafas. Os destilados foram envelhecidos em toneis de carvalho e amburana por até oito anos. É uma ótima oportunidade para adquirir cachaça e rum de qualidade. Serão vendidos também 200 barris de carvalho e amburana, cheios e vazios. A oferta ocorrerá no dia 31 de julho deste ano (2015) por ocasião da degustação mensal da Confraria da Cachaça do Brasil. Não...

Read More